Moxabustão – a cura pelo fogo

Incisa | 30 junho, 2017

Desde tempos remotos, o homem utilizava ervas como forma de tratamento e também observou que o calor aliviava dores e desconfortos. Em diferentes culturas, principalmente na China, passaram a utilizar a combustão da erva Artemísia sinensis e Artemísia vulgaris no tratamento de várias patologias.
Na cultura chinesa, o ideograma que designa a acupuntura é 針灸 (zhēnjiǔ), isto é, agulha e moxa. Isto demostra que a prática das duas coisas é inseparável para os chineses. A moxa segue os princípios das teorias de base da MTC, fortalece a energia, trabalhando os meridianos e pontos de acupuntura. Apesar de muito utilizada no Oriente, muitas pessoas ainda desconhecem os benefícios dessa erva no ocidente!
De acordo com a Medicina Chinesa, o frio, vento e umidade podem causar doenças e o uso da Moxabustão assim como da acupuntura, são benéficos nestes casos. A moxa é aplicada sobre os pontos de acupuntura, podendo ser em formato de bastão, em caixas, em lã e de forma indireta e direta. Ela fortalecer a circulação do Qi (energia), elimina os fatores patogênicos e regula o Yang corporal.

A Moxabustão trata:

• Ansiedade
• Depressão
• Constipação
• Insônia
• Diarreia
• Dores
• Asma
• Problemas digestivos
• Cólicas menstrual
• Resfriado
• Sinusite

A Moxabustão não é indicada para:

• Pacientes com febre
• Em casos de queimaduras
• Pessoas com feridas abertas ou traumas recentes
• Pessoas alérgicas a odores fortes

Autora: Francine Marcella

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *