O que são as Práticas Integrativas e Complementares (PICs)?

INCISA|IMAM | 19 junho, 2019

As Práticas Integrativas e Complementares (PICs) são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. Em alguns casos, também podem ser usadas como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas.

Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos integrativos e complementares à população. Os atendimentos começam na Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS.
Evidências científicas têm mostrado os benefícios das Práticas Integrativas e Complementares à convencional. Além disso, há crescente número de profissionais capacitados e habilitados e maior valorização dos conhecimentos tradicionais de onde se originam grande parte dessas práticas.

 

Brasil é referência mundial

O Brasil é referência mundial na área de Práticas Integrativas e Complementares na atenção básica. É uma modalidade que investe na prevenção e promoção da saúde.

Além disso, quando necessário, as PICs também podem ser usadas para aliviar sintomas e tratar pessoas que já estão com algum tipo de enfermidade.

 

Quais são as Práticas Integrativas e Complementares?

Em seguida, está a lista com as 29 Práticas Integrativas e Complementares oferecidas, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

¤ Apiterapia
¤ Aromaterapia
¤ Arteterapia
¤ Ayurveda
¤ Biodança
¤ Bioenergética
¤ Constelação familiar
¤ Cromoterapia
¤ Dança circular
¤ Geoterapia
¤ Hipnoterapia
¤ Homeopatia
¤ Imposição de mãos
¤ Medicina antroposófica/antroposofia
aplicada à saúde
¤ Medicina Tradicional Chinesa –
acupuntura
¤ Meditação
¤ Musicoterapia
¤ Naturopatia
¤ Osteopatia
¤ Ozonioterapia
¤ Plantas medicinais – fitoterapia
¤ Quiropraxia
¤ Reflexoterapia
¤ Reiki
¤ Shantala
¤ Terapia Comunitária Integrativa
¤ Terapia de florais
¤ Termalismo social/crenoterapia
¤ Yoga

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *